No Ataque


Deixe um comentário

Parabéns ao jornalista Rubinho Lemos

Neste domingo 20/08/17, completa quarenta e sete anos  o jornalista Rubens Lemos Filho.  Grande abcdista. Profissional de alto nível. Prestou grandes serviços ao futebol de salão do clube da Rota do Sol. Homem de bem, sério, digno e honesto. Na foto, esquerda para direita.  Edmo Sinedino, Danilo Menezes, Rubens Lemos e Ribamar  Cavalcante.

Arquivo pessoal: Ribamar Cavalcante

Atenciosamente,
Ribamar Cavalcante


Deixe um comentário

Parabéns ao jornalista Rosaldo Aguiar

rosal2_09Nesta quinta-feira 03/11/16, completa noventa anos o jornalista Rosaldo Aguiar. Na década de 70, foi correspondente da Revista “Placar”. Trabalhou na Rádio Poti e no Diário de Natal. Além do Rádio, foi presidente da ACERN. O aniversariante prestou
grandes serviços a imprensa do Rio Grande do Norte. Em anexo, fotos do jornalista exemplar.
 
  Arquivo pessoal: Ribamar Cavalcante
 
 
Atenciosamente,
Ribamar Cavalcante


1 comentário

Parabéns ao jornalista Rogério Torquato

jama1_09 Nesta segunda-feira 22/08/16, completa quarenta e um  nos o jornalista Rogerio Torquato. Profissional qualificado. Prestou grandes serviços ao saudoso Diário de Natal e ao portal nominuto.com. Anexo, fotos do aniversariante. Da esquerda para direita. Prof. Jamilson Martins, Ribamar Cavalcante e nosso
querido “BLAU”.
 
Arquivo pessoal: Ribamar Cavalcante
 
Atenciosamente,
Ribamar Cavalcante


Deixe um comentário

Saudades de Rubens Lemos

rubao-09Neste domingo 07/06/15/, se estivesse vivo completaria setenta e quatro anos o saudoso Rubens Lemos. Considerado um dos melhores comentaristas esportivo  do Rio Grande do Norte. Radialista/jornalista. Até hoje é lembrado pelos que fazem a imprensa do Rio Grande do Norte. partiu para o plano espiritual, mas deixou um representante, seu filho. Rubens Lemos Filho. Jornalista de alto nível. Correto, justo, leal, digno e honesto. Em anexo, duas fotos. Primeira. Saudoso Radialista. Segunda foto. O competente Rubinho, assim tratado pelos amigos.

 Arquivo pessoal: Ribamar Cavalcante

rubinho_09

Atenciosamente,

Ribamar Cavalcante

 


Deixe um comentário

O aniversário do jornalista Alan Oliveira

edmo55_09Está aniversariando nesta terça-feira 16/12/14/, o Jornalista Alan Oliveira. Considerado um dos melhores do nosso Estado. Além de grande profissional, excelente caráter. Homem de bem, sério, correto, responsável, digno e honesto. Em anexo, foto do aniversariante. Da esquerda para direita. Edmo Sinedino, Augusto César e Alan Oliveira.

  Arquivo pessoal: Ribamar Cavalcante

 Atenciosamente,

Ribamar Cavalcante


Deixe um comentário

Homenagem ao jornalista Rubens Lemos

rubão_09Neste sábado  07/06/14/, se estivesse vivo completaria setenta e três anos o saudoso Rubens Lemos. Considerado um dos melhores comentaristas esportivos  do Rio Grande do Norte.  Até hoje é lembrado pelos que fazem parte da família da ACERN. O excelente Radialista e Jornalista partiu para o plano espiritual, mas deixou um grande representante. Rubens Lemos Filho.
Profissional sério, correto, justo, leal, digno e honesto. Em, foto do saudoso Rubens Lemos.

 Arquivo pessoal: Ribamar Cavalcante
 
Atenciosamente,

Ribamar Cavalcante


1 comentário

O aniversário de Rogerio Torquato “Blau”

blau_09Nesta quinta-feira 22/08/13/, completa trinta e oito anos o jornalista Rogerio
Torquato. Além de ser grande profissional, excelente caráter. Prestou grandes
serviços ao Diário de Natal. Considero um dos jornalistas mais competentes  do Rio
Grande do Norte. Jovem simples, humilde, responsável, correto, digno e honesto. Em Anexo, foto do aniversariante ao lado do seu grande amigo: Edmo Sinedino.
 
Arquivo pessoal: Ribamar Cavalcante
 
Agradeço o registro,
Ribamar Cavalcante


5 Comentários

Muitos antes das ‘Arenas’ da Copa os torcedores mais humildes já haviam sido “expulsos” dos estádios

geral1_09

O torcedor na geral. Um lugar do estádio que, por muitos anos, retratou a paixão verdadeira pelo futebol do Brasil. Foto: divulgação

Li o comentário  de um jornalista de Fortaleza, que me foi enviado pelo leitor Fábio Castelo Branco.

O colunista dizia, ou repetia a balela de que os estádios da Copa só serviriam para os ricos e turistas.

Uma coisa esse colunista não sabe, ou finge não saber. Não vai ser por conta das arenas que os torcedores humildes vão deixar de ver futebol.

Na verdade, meus amigos, eles já deixaram há muito tempo, e em todos os lugares do Brasil. Foram expulsos de campo todos eles.

Acabaram com as gerais, venderam todos os campeonatos para as tevês, e esses mesmos dirigentes de clubes, burramente, ganham da tevê e ainda querem cobrar ingressos caríssimos.

E ainda tem a elitização dos programas de sócio torcedores.

Não sou contra, acho que o associado merece as vantagens, as mordomias e um tratamento diferenciado, só não acho que esses programas impeçam o clube de fazer promoções, de vender  ingressos mais baratos e facilitar o acesso dos  mais humildes.

São muitos, muitos os  que não tem R$ 40 para ir a campo, até porque não é só R$ 40 no final das contas; e também são em grande número os que não têm a certeza dos R$ 40 todo final de mês para pagar a mensalidade.

O catador de latinha, de papelão, o vendedor de bugiganga, que não tem carteira assinada, os garotos de 14, 15, 16, 17 anos que ainda não têm emprego, minha gente, dirigentes, essa camada da população não deixou de gostar de futebol.

O resultado disso tudo? Da discriminação: Fim dos mais humildes, os que verdadeiramente amam os seus clubes e o futebol nos estádios.

Bares e sofás se transformaram nas suas arquibancadas. Para os que dispõem.

E a rede Globo, todas as redes, que nas segundas-feiras faziam matérias especiais no espetáculo das gerais, da figuras ímpares das gerais, nunca se preocupou em ouvir esse torcedor de verdade para saber o que ele achou  de tudo isso.

Os estádios hoje têm que ter cadeira, conforto, ou ao menos fingir que tem.

Eles se apoiam no Estatuto do Torcedor que, evidente, é feito de coisas positivas, mas esqueceram de perguntar aos torcedores se eles queriam essas “mordomias”.

Eu já penso diferente, acredito que o torcedor quer ingresso barato, quer geral, onde possa ficar em pé, sentado, deitado, pulando, gritando, dando seu show.

Quer cerveja, sua cachacinha, a pipoca, o refrigerante, o churrasco, o cachorro quente…

Enfim, sei que o torcedor que conforto, e tudo isso pode ser juntado, não vejo empecilho, pois acima de tudo o geraldino, o arquibaldo de verdade querem mais mesmo é futebol de boa qualidade.

 PS: até para arranjar uma foto antiga da geral do Maraca tive dificuldade, mesmo no google.